Quarta temporada de Castlevania a Caminho!

Para a alegria dos fãs, a Netflix não fez suspense! Simplesmente publicou no Twitter a data de estreia da Temporada Final de Castlevania.

A quarta e a última temporada de Castlevania tem sua estreia marcada para o dia 13 de maio de 2021, e já está deixando muitos fãs ansiosos por saberem como será o desenrolar dos eventos apresentados no final da temporada passada. O trailer publicado no Twitter não revelou muitas novidades (e nem deveria), mas mostrou um breve resumo na percepção de alguns personagens da série. Sabemos que a temporada conta com 10 episódios de (mais ou menos) meia hora cada, tal qual as temporadas anteriores.


Agora é aguardar para ver como será o fechamento de cada um dos arcos dos personagens Alucard, Trevor Belmont e Sypha, além dos outros (fan services) que também apareceram nessa maravilhosa animação.


Será realmente o fim?

Segundo a própria Netflix, essa é a última temporada dessa série. No entanto, o site Deadline publicou uma reportagem informando que a Netflix tem planos para uma nova história (talvez mais) com novos personagens, ainda dentro do micro universo de Castlevania. Antes que alguém tome essa reportagem por verdade irrefutável, vale lembrar que isso ainda está no campo dos rumores e, nós da Equipe Fliperama de Verdade também estamos torcendo para que se tornem realidade.


O que é Castlevania?

Calma jovem aprendiz de caçador de seres sobrenaturais! Se por acaso você estava enclausurado num monastério ou simplesmente nunca ouviu nada sobre essa obra prima do mundo dos games (que existe só a mais de 30 anos), saiba que o título Castlevania é só o Santo Graal da Konami para os consoles, tendo seu primeiro jogo lançado no longínquo ano de 1986 para o Nintendo (8bits).


Antigamente os melhores jogos eram assim...

De lá pra cá, o jogo virou franquia (com dezenas de jogos lançados) e acabou caindo nas mãos do roteirista Warren Ellis que participou ou escreveu diversos roteiros de sucesso de diversas produções audiovisuais e dentro do mundo dos games. Assim, Castlevania surge em 2017 como uma animação oficial, original e absolutamente exclusiva da Netflix.

O estilo visual de Castlevania tem uma influência muito forte nos traços de animes e apresenta um trabalho fenomenal de design de personagem embasado na arte de Ayami Kojima, mais precisamente o que vemos no videogame Castlevania: Symphony of the Night (trailer abaixo).

Já os outros “culpados” pelo que vemos na tela são Sam Deats, Adam Deats e Spencer Wan como Diretores e um time considerável de Produtores Executivos que se dedicaram muito para entregar uma série que atualmente possui três temporadas disponíveis na Netflix.


Tá! Mas a história é boa?

A animação começa (e realmente engata) quando a esposa do Conde Vlad Drácula Tepes é queimada na fogueira após ser acusada de bruxaria pelo Bispo da cidade de Targoviste. Incapaz de ajudar sua mulher, o vampirão chefe, declara todo o povo da Valáquia como cúmplice e culpado pela morte de sua amada. Mas em honra e memória a ela, ele dará 1 ano para que saiam das terras da Valáquia ou pagarão com suas vidas.

Claro que o Senhor das Trevas é um ser de palavra e não tarda a invocar um exército de monstros e demônios para devastar o povo e a terra por seu luto. Entre os “meros mortais” o público é apresentado a Trevor Belmont, um intrépido Caçador de Monstros que se vê auxiliado por uma Oradora (maga) chamada Sypha Belnades e é claro, pelo próprio filho de Vlad Dracula, o meio-vampiro Alucard.


Curiosidades

  • A Série recebeu 92% na média com as três temporadas de 100% na avaliação do Rotten Tomatoes;

  • A série animada da Netflix se baseia no Castlevania III;

  • Vlad realmente existiu. Ele foi um príncipe da Romênia conhecido como Dracul;

  • O nome verdadeiro de Alucard é Adrian Farenheit Tepes! O sobrenome, é o mesmo do seu pai, Dracula Vlad Tepes. A intenção de Alucard ao adotar este nome invertido é personificar a antítese aos desejos do seu pai de escravizar a humanidade;

  • O Chicote da franquia Castlevania chama-se Vampire Killer e foi criado por alquimistas para ter o poder de matar vampiros e monstros;

  • Em Castlevania: Symphony of the Night, vários equipamentos fazem menção as obras de Tolkien, alguns exemplos: Ring of Varda, Sword of Hador, Fist of Tulkas, Gurthang, Mormegil, Nauglamir Necklace, Ring of Feanor;

Gostou da notícia e quer saber mais? Continue acompanhando o Fliperama de Verdade no site e nas nossas redes sociais.


Para os interessados de plantão, nós da Equipe Fliperama de Verdade, discutimos no Insert Coin Cast #12 sobre o uso do estilo de combate "Melee" ou "Ranged".




51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo