Mestres do Universo - Parte 2 - Uma Conclusão Épica!

Atualizado: 13 de dez. de 2021

Novembro de 2021. O ano ainda não acabou e o que não falta é surpresa atrás de surpresa! Tudo bem que já era esperado que a segunda parte de Mestres do Universo - Salvando Eternia (Masters of the Universe: Revelation) seria liberada ainda esse ano, mas se você gostou da parte 1 (nosso Review da Parte 1), temos uma novidade para você: Você PRECISA assistir à parte 2.


Porque conforme esperado, a parte 2 da animação continua exatamente de onde parou no episódio 5. Não sendo nenhum exagero dizer que os próximos episódios chegam de voadora na cara do tédio, chutando o balde com vontade, quebrando tudo sem dó e explodindo as cabeças desprevenidas de teorias e conspirações.

 

Trailer:

 

O que é:

Mestres do Universo - Salvando Eternia (Masters of the Universe: Revelation) é nada menos do que uma das novas atrações do mês de novembro na Netflix. Tendo estreado no dia 23, a parte 2 não deixa absolutamente nada a desejar em relação à anterior.


Assim como a primeira, sua continuação traz uma boa carga de personagens antigos à tela, instigando a nostalgia da velha guarda, inclusive precisamos fazer um adendo aqui: Para aqueles que só conheciam o Savage He-Man dos brinquedos de antigamente, o roteiro fez questão de mostrar por A+B porque ele nunca apareceu na animação clássica de 1983 – E olha que isso nem é spoiler, já que apareceu no trailer!


Voltando, a segunda parte de Mestres do Universo - Salvando Eternia (Masters of the Universe: Revelation) é nada menos que a conclusão apoteótica da visão de Kevin James para o universo de He-Man.

 

Informação Técnica:

Tendo em vista que se trata da parte 2 de uma atração que foi liberada ainda em julho desse ano, não houve qualquer alteração em relação à produção, direção e distribuição. Não houve alteração de elenco (exceto para alguns personagens que morreram) e os grandes destaques da dublagem da parte 1 se mantiveram na parte 2.


Agora, caso você não tenha visto nossa análise (sem spoilers) da parte 1 e, está curioso para saber o que achamos da atração da Netflix, basta acessar o matéria aqui.

 

Enredo:

Já não é segredo que a segunda parte dessa grande aventura é focada no grande confronto entre as forças do Bem e do Mal e, para variar, tendo "só" o destino de Eternia e de todo o Universo dependendo do resultado dessa guerra.


Levando em conta que muitas pessoas terminaram de assistir à primeira parte reclamando que a atração se tratava de uma animação do He-Man sem o He-Man, a parte 2 não traz esse mesmo "problema", visto que o brutamontes mais amado de Eternia dá as caras em boa parte dos 5 episódios. Por outro lado, é preciso levar em conta que, o título original da animação é Masters of the Universe: Revelation. Portanto, espere que a direção te conduza pelo turbilhão de beleza e ação carregado de elementos de alta fantasia, comédia na medida certa e uma pá de personagens que apontam para uma catarse seguida de uma grande REVELAÇÃO (em diversos aspectos)!


Infelizmente não tem como falar qualquer coisa a mais do que isso sem arriscar estragar a experiência de quem ainda vai assistir. Mas tenha em mente que a parte 2 amarra todas as pontas soltas da parte 1, propõe uma nova visão para o poder de Grayskull, renova seus personagens e encerra seu 5º episódio com um gancho do tamanho do Castelo de Grayskull, gritando e batendo nas portas da Netflix como se fosse o próprio Savage He-Man. Nós aqui do Fliperama de Verdade acreditamos muito que, dependendo do sucesso da atração, logo teremos a confirmação de uma continuação ou spin-off! (ficaremos de olho)

 

Veredito (sem spoilers):

Assim como a primeira parte, os 5 episódios que compõem a continuação de Mestres do Universo - Salvando Eternia (Masters of the Universe: Revelation) simplesmente entregam uma conclusão digna de todos os arcos da primeira parte.


Os problemas de velocidade que destacamos em nosso review da parte 1 ainda estão presentes nesses novos episódios, criando e mantendo uma relação coesa com o que foi apresentado em julho.


Outro ponto que merece destaque é a falta de pudor em seguir matando personagens sem qualquer cerimônia enquanto valoriza alguns que sequer mereceram (ou são desinteressantes demais para serem lembrados mesmo pelos fãs mais ferrenhos de outrora).


Quando chegamos ao fim do 5º episódio (depois de termos nossas cabeças explodidas) não tem como não olhar para a atração de forma inteiriça. Ou seja, não dá para avaliar apenas os 5 episódios de novembro. Mestres do Universo - Salvando Eternia (Masters of the Universe: Revelation) é uma obra a ser levada em consideração (com muito carinho) por todo mundo que gosta de He-Man e seu legado.


Sendo assim, pesando tudo que foi pensado, desenvolvido e entregue à Netflix pelo senhor Kevin Smith, os fãs podem e devem pesar tudo que a atração tem de bom e ruim e, se foram fãs da animação de 1983 e gostaram da primeira parte, certamente verão a segunda como um grande presente de fim de ano. Por isso, acreditamos que a série toda merece 4 lindas fichas douradas e, pode facilmente ser considerada uma das melhores animações da Netflix ao lado de Castlevania (Review e ICC) e e Arcane (Breve falaremos sobre a animação).


Gostou dessa matéria e quer mais? Continue acompanhando o Fliperama de Verdade no site e nas nossas redes sociais.


Para os interessados de plantão, para a galera que não sabe o que é RPG no meio nerd/geek, explicamos o que é em nosso o episódio 8 do Insert Coin Cast:


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo